quinta-feira, 11 de abril de 2013

Tenho de me capacitar que tudo agora é diferente... E o que me deixa mais em baixo é que, ainda assim, nada é como e quero.
Ando cansada, eternamente cansada da minha rotina e do meu dia-a-dia sempre igual. Nesta casa sozinha, o telefone não toca, o telemóvel não recebe nada, e eu falo para as paredes.
No trabalho não quero estar, e estou cansada de pessoas a pedir e a exigir...
No fundo, quem se preocupa comigo, quem se importa com as minhas necessidades?! Até o meu gato anda interesseiro...
Estou mesmo em baixo, pálida, olheirenta, cansada da vida... Férias?! Até que ansiosamente espero pelas minhas férias, mas provavelmente todos os meus planos semi-delineados irão por água abaixo. Ainda falta tanto para Julho... Mas será que vou estar ocupada, divertida em Julho? Será?
Ou será que me vou afundar com tempo a mais e ocupação a menos?

Tenho medo... Tenho medo que a minha vida passe a ser só isto, que nunca mais me cruze com gente interessante, que fique parada no tempo e que não tenha nada de melhor reservado para mim...

Voltar atrás não voltava! Não voltava! Mas e agora? Com este presente, como terei um futuro?!

Detesto mandar mensagens para o vazio, mas ultimamente é o que mais faço.
Preciso de sentir de novo as borboletas do estômago, a excitação de algo novo e intenso. Preciso de apanhar uma bebedeira daquelas, como há anos não apanho e acho que já nem sei apanhar...
Preciso de voltar aos meus 20 anos e recuperar... Recuperar a alegria de viver!?!? 
estou a envelhecer, e não tenho nada de novo na minha vida, nada que valha a pena lutar...
E nem a própria profissão merece investimento!

Sem comentários:

Enviar um comentário