terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

O que te queria dizer e não posso... Não devo!

Já passou a fase do rancor, a fase dos porquês... Mas eu ainda estou triste sempre que penso em ti. Penso no que perdi... O que sinto por ti é mais forte que o que eu julgava que era... Deixa-me triste, destroçada saber que não há volta a dar. Recordações boas que tenho, das tuas mãos, do conforto dos teus braços, do teu sorriso... E imensas saudades. Fica com o que tens meu. Não quero ficar à espera. Se ficaste com o meu coração, não é um cobertor que me vai fazer falta.

Sem comentários:

Enviar um comentário